[ << ] [ >> ]           [Top] [Contents] [Índice] [ ? ]

17. Transições


17.1 Usando transições

Um vídeo é composto de várias cenas e tomadas. No entanto, nem sempre o corte seco - no qual uma cena sai e, imediatamente, a cena seguinte aparece - é o mais adequado para o momento e o conteúdo que o vídeo pretende expressar. As transições são uma forma de se passar de uma cena à outra com diferentes variações.

O Cinelerra suporta transições de áudio e de vídeo, as quais estão listadas na janela de Recursos.

manual_images_intl/resources_video_transitions

Transições de vídeo na janela de Recursos

As transições só podem ser aplicadas a determinados tipos de trilhas. As transições presentes em transições de áudio só podem ser aplicadas às trilhas de áudio. Já as transições presentes em transições de vídeo só podem ser aplicadas às trilhas de vídeo.

Abra dois arquivos de vídeo. Alternativamente, carregue um arquivo único de vídeo e elimine uma parte do centro, de modo que você fique com dois blocos de edição a partir de um arquivo único. Assegure-se que as bordas entre os dois blocos de edição estejam visíveis na linha do tempo.
Vá até a janela de Recursos e clique na pasta Transições de vídeo. Arraste uma transição qualquer da lista e solte-a sobre o segundo vídeo na linha do tempo. Aparecerá uma caixa informando que temos uma transição naquele ponto. Ao fazer isto, aplicamos uma transição entre a primeira e a segunda cena do vídeo.

manual_images_intl/drop_transition

Arrastando uma transição "Dissolver" para a linha do tempo

Agora você pode reproduzir o vídeo e ver como ficou a transição pela janela Compositor.

Uma vez que a transição está inserida, esta pode ser editada da mesma forma que um efeito. Clique com o botão direito do mouse sobre a transição para acessar seu menu.
A opção mostrar traz alguns parâmetros específicos para a transição em questão.
A opção comprimento determina o tempo de duração da transição em segundos. Assim que esses dois parâmetros são ajustados, eles são aplicados às futuras transições até que sejam modificados novamente. Pra finalizar, a opção Separar remove a transição da linha do tempo.

Arrastar e soltar as transições da janela de Recursos para a janela principal do Cinelerra pode ser lento e cansativo. Felizmente, uma vez que uma transição é arrastada da janela de Recursos, você pode usar as teclas U e u para inserir novamente a mesma transição. A tecla U insere a última transição de vídeo utilizada e a u (minúsculo) insere a última transição de áudio em todas as trilhas não protegidas de gravação. Se o cursor ou o ponto de entrada (colchete) estiver sobre um trecho de áudio ou vídeo, a transição será inserida no começo desse trecho.

Transições fazem dois blocos de edição se sobreporem por um determinado período de tempo. Alguns programas simplísticos de uma trilha literalmente movem para trás o segundo bloco de edição para fazer com que ele se sobreponha parcialmente ao primeiro. Este comportamento não é possível em editores multipista, onde a sincronia entre as trilhas é vital. O Cinelerra não moverá os blocos de edição durante as transições. Ao invés disso, ele mantém se preciso quadros do arquivo de origem para aumentar o primeiro bloco de edição o suficiente para fazê-lo se sobrepor ao segundo pela duração da transição.
O ponto exato no tempo quando a transição faz efeito é o início do segundo bloco de edição. A transição dura um determinado tempo no segundo bloco. Por exemplo, se você marcar uma duração de 1 segundo para uma transição de Dissolver, ela não começará ao 0.5 segundo final do primeiro bloco de edição e continuará 0.5 segundo a partir do início do segundo bloco. Na verdade, ela começará exatamente ao início do segundo bloco e durar 1 segundo a partir dali.
Na linha do tempo, uma barra marrom sobre o símbolo de transição representa visualmente sua posição e duração.
A consequência mais importante deste comportamento é que o primeiro bloco de edição precisa ter informação suficiente (duração do vídeo de origem) além dos limites marcados no bloco para preencher a transição no segundo bloco. Esta informação deve ser igual ou maior em duração que a duração do efeito de transição marcado no parâmetro Duração no menu relativo à tansição.
Se o último quadro mostrado na linha do tempo for o último do arquivo de origem, o Cinelerra aumentará a duração do primeiro bloco de edição usando somente o último quadro, com o resultado desagradável de este quadro ficar congelado na transição.

Quando as transições são reproduzidas da linha do tempo para a placa aceleradora de vídeo, a aceleração do hardware geralmente será desativada durante a transição e reativada logo depois. Esse procedimento é usado para que a transição possa ser renderizada. Ao se usar uma placa de vídeo sem aceleração, normalmente não ocorre esse problema.


17.2 Transição de vídeo "Dissolver"

manual_images_intl/video_disolve_icon

Esta é uma suave transição "Dissolver" entre dois trechos de vídeo, os quais nós chamaremos de trecho inicial e trecho final. O trecho inicial vai ganhando transparência e desaparecendo enquanto o trecho final vai surgindo aos poucos. A duração de tempo para esse processo acontecer pode ser determinado pelo controle de "Comprimento".

Controles disponíveis:
Clicando com o botão direito no ícone da transição na linha do tempo, um menu irá aparecer com os seguintes controles


[ << ] [ >> ]           [Top] [Contents] [Índice] [ ? ]

This document was generated by Raffaella Traniello on Maio, 30 2008 using texi2html 1.76.