[ << ] [ >> ]           [Top] [Contents] [Índice] [ ? ]

15. Efeitos renderizados

Um outro tipo de efeito é performado em uma seção da trilha e fica armazenado em algum lugar antes de ser reproduzido. O resultado normalmente é colado à trilha para substituir o original.

Efeitos renderizados não são listados na Janela de Recursos; ao invés disso, podem ser acessados pelas opções de menu Áudio->Renderizar efeito e Vídeo->Renderizar efeito. Cada uma dessas opções trás uma caixa de diálogo para o efeito renderizado. Efeitos renderizados se aplicam para apenas um tipo de trilha, seja áudio ou vídeo. Se nenhuma trilha deste tipo existe, um erro aparece.

Uma região na Linha do Tempo onde será aplicado o efeito deve ser definida antes de selecionar Renderizar efeito.... Se nenhum ponto de entrada/saída e nenhuma região destacada existem, toda a região após o ponto de inserção é tratada como área afetada. De outra forma, a região entre os pontos de entrada/saída ou a região selecionada será a região afetada.

As trilhas onde será aplicado o efeito renderizado devem estar armadas. Todas as outras trilhas serão ignoradas.

Finalmente, o efeito renderizado processa certos atributos da trilha quando lê as informações de entrada mas não outras. Transições na trilha afetada são aplicadas. Arrastos ("nudge") não são e efeitos não são. Isso permite que novos dados sejam colados na posição existente sem que se mude o valor de deslocamento ("nudge value").

Na caixa de diálogo de renderização de efeito está uma lista de todos os efeitos tempo-real e renderizáveis. A diferença aqui é que os efeitos tempo-real são renderizados para o disco rígido e não aplicados abaixo da trilha. Selecione um efeito da lista para designá-lo como o que será executado.

Defina um arquivo para onde o efeito será renderizado na caixa Selecione um arquivo para renderizar para. A lente de aumento manual_images_intl/magnify permite que você selecione um arquivo a partir de alguma lista.

Selecione o formato de arquivo que seja melhor para o tipo de trilha. O ícone de ferramenta manual_images_intl/wrench permite configurações específicas ao formato de arquivo.

Também existe uma opção para criar um novo arquivo a cada marcador. Se você pussui uma extração de CD na sua Linha do Tempo que queira dividir em arquivos diferentes, os marcadores se tornariam pontos de divisão entre os arquivos se esta opção for selecionada. Quando a Linha do Tempo está dividida por marcadores, o efeito é reiniciado a cada marcador. Operações de normalização pegam o pico do arquivo atual e não de toda a Linha do Tempo.

Finalmente, há a estratégia de inserção como na caixa de diálogo de render. Deve ser notado que mesmo que o efeito se aplica apenas para áudio ou vídeo, a estratégia de inserção se aplica a todas as trilhas como em uma operação de fichário.

Quando você clica em OK na caixa de diálodo de efeito, ela chama o GUI (interface gráfica) do efeito. Se o efeito também é tempo-real, uma segunda GUI aparece para que se aceite ou rejeite as configurações atuais. Após aceitar as configurações, o efeito é processado.


15.1 Efeitos renderizados de áudio


15.1.1 Refazer amostragem

Multiplica o número de cada amostragem de saída por uma fator de escala para chegar ao número de amostragem de entrada. A amostragem do arquivo de saída é configurada para a taxa de amostragem ("sample rate") do projeto, mas sua duração é mudada para refletir o número escalado de amostras. Também filtra o áudio com a nova amostragem para remover 'aliasing'.

Se o fator de escala é 2, cada 2 amostras de entrada serão reduzidas para 1 amostra de saída e o arquivo de saída terá a metade das amostras da seqüência de entrada. Se é de 0.5, cada 0.5 amostras de entraga serão esticadas para 1 amostra de saída e o arquivo de saída terá duas vezes o número de amostras da seqüência de entrada.


15.2 Efeitos renderizados de vídeo


15.2.1 Reframe

Faz exatamente a mesma coisa que o Mudar taxa de quadros - RT no modo Esticar. Multiplica o número de quadros de saída pelo fator de escala para chegar a um número de quadros de entrada e muda a duração da seqüência. Ao contrário do ReframeRT, este efeito deve ser usado a partir do menu de Vídeo e renderizar sua saída.

Saiba que o Mudar taxa de quadros não escreve a taxa de quadros escalada como a taxa de quadros do arquivo renderizado. Ele produz um arquivo de duração escalada e taxa de quadros igual à do projeto. A nova duração é 1/fator de escala tão grande quanto for a seqüência original.

Para criar um vídeo em câmera-lenta ou reprodução rápida:

  1. Selecione o recorte de vídeo que você quer fazer um re-frame e coloque-o em uma trilha de vídeo
  2. Selecione a área que você quer que seja afetada
  3. Do menu de Vídeo, selecione a opção Renderizar Efeito
  4. Da lista de efeitos, selecione Reframe
  5. Informe o formato de saída e estratégia de inserção para o novo recorte a ser criado
  6. Pressione ok
  7. No menu que aparecer, informe o fator de escala como 2 para que o vídeo rode duas vezes mais rápido e .5 para que rode a metade da valocidade

[ << ] [ >> ]           [Top] [Contents] [Índice] [ ? ]

This document was generated by Raffaella Traniello on Maio, 30 2008 using texi2html 1.76.